foto da matéria
14/04/2022 O Liberal - conteúdo patrocinado.

Além das atitudes preventivas, sistemas de segurança ajudam a proteger imóveis nas praias e no interior do estado

 

Nos períodos de férias e feriados, as casas de temporadas são ótimas opções de lazer nas cidades de praia e balneários do Estado. No entanto, os proprietários devem estar atentos para o aumento da incidência de intrusões nestes períodos.

 

Segundo Robson Firmino, gerente da filial da Máxima Segurança em Salinas, isso acontece porque a movimentação nos imóveis pode atrair a atenção de criminosos que procuram a oportunidade de roubar itens de valor trazidos pelos visitantes. “Por isso, os sistemas de segurança são recomendados para proteger o imóvel quando o cliente está ausente e também nos dias em que o local está ocupado”, explica.

 

Para garantir uma cobertura completa do perímetro, o sistema integrado de alarmes e cerca elétrica é uma boa opção, pois assim é possível realizar o acompanhamento remoto do imóvel, através de um aplicativo. E em caso de falta de energia, ambos não são desligados.

 

“As câmeras também podem ser monitoradas à distância, de qualquer lugar do mundo, se a casa possuir internet wi-fi”, conta Robson. No caso de disparos no alarme, o alerta chega à central de monitoramento, que recupera as imagens em tempo real e confirma se há um problema para assim tomar as medidas necessárias, como o acionamento da polícia.

 

Outro serviço oferecido pela Máxima Segurança é a ronda preventiva, que é intensificada nos períodos em que os visitantes estão no imóvel. “Isso traz mais tranquilidade quando as pessoas entram e saem da residência”, afirma o gerente.

 

Ao lado dos sistemas de segurança, confira a seguir outras formas de prevenção contra intrusões, nos momentos que a casa de temporada está vazia.

 

1. Mantenha as cortinas fechadas para dificultar a visão do interior do imóvel.

 

2. Comunique vizinhos de confiança de que a casa está desocupada e peça para que estejam atentos a movimentações estranhas ao redor do imóvel e barulhos vindos dele.

 

3. Instale um sistema automático de acendimento de luzes e reforce, se possível, a iluminação ao redor da residência.

 

4. Se tiver telefone fixo, ative o redirecionamento de chamadas para um celular, evitando que o telefone toque sem parar.

 

Leia a matéria na íntegra aqui.